Buenos Aires – Ver e Fazer – Parte 2 (Cidades Vizinhas)

Buenos Aires – Ver e Fazer – Parte 2 (Cidades Vizinhas)

Pode parecer estranho o que vou dizer, mas os melhores cenários fotográficos de Buenos Aires são aqueles que estão fora de Buenos Aires. É imperdoável ir à capital porteña e não conhecer os seus arredores. Ouso dizer que as cidades vizinhas por vezes são até mais interessantes. E o melhor de tudo é que o acesso a elas é de certa forma fácil e barato. Destacarei três destinos próximo, os quais julgo imperdível, ou quase isso: Tigre, San Isidro e La Plata.

Tigre

Quando se fala em Tigre logo se pensa em duas coisas: primeiro, no passeio de barco que leva os turistas até algumas ilhas pelo rio homônimo; segundo, no parque de diversões. Muitos já me perguntaram se vale a pena perder dois dias nessa cidade, um para o passeio e o outro para o parque. Ou se o melhor é dividir: passeio de manhã e parque à tarde. Não sei responder a estas perguntas, pois fiz um turismo mais barato e arquitetônico.

Sino de Tigre.

Tigre é encantadora, dá tranquilamente para passar um dia explorando as ruas, caminhando na beirada do rio e conhecendo dois museus de primeira categoria: o Naval de la Nación e o Museo de Arte de Tigre.

Como Chegar

Para chegar, basta ir até a estação de metrô de Retiro e ir até a plataforma de trens, o valor da passagem de ida e volta custa a bagatela de 2,50 pesos. Verdade seja dita sobre a Argentina: o transporte é muito barato. Depois de 50 minutos no pinga-pinga do trem, chega-se na Estação Ferroviária de Tigre.

 Estação de Tigre.

Logo na saída da estação é possível vê o quanto a cidade é bonita, limpa e agradável. Durante a caminhada da estação ao Museu de Arte de Tigre, o turista passa por inúmeros cenários que não o deixam seguir sem parar para tirar uma foto.

Praças.

Museu naval.

Change-bazuca.

A melhor atração na minha opinião fica a cargo do Museu de Arte que mais parece o castelo de Seráfia da novela “Cordel Encantado”. Não se paga para entrar no jardim do museu, somente para adentrar o palácio. Os 10 pesos são bem gastos, já que este foi um dos museus mais interessantes que já estive, pelo menos na Argentina. Outra vantagem de pagar a entrada é que assim você poderá ter acesso a sacada de onde se tem uma visão esplendorosa.

Palácio.
Sacada…
Jardim com flor gigante.

A agência Bsas4u possui um passeio para Tigre com direito a conhecer as ilhas próximas da cidade. Clique no banner abaixo e confira.

San Isidro

Outra cidade próxima à Buenos Aires é San Isidro. Fui para lá numa excursão do Centro de Idiomas CUI. Não sei ao certo o método mais econômico para se chegar, mas me parece que a passagem de coletivo sai por 2 pesos. Em San Isidro é possível conhecer a casa de uma das maiores escritoras argentinas, Silvina Ocampo. Sua casa se chama Villa Ocampo. A visita ao local é acompanhada por um guia que explica toda a história e a importância desta militante cultural.

Casa de Silvina Ocampo.

Jardim da casa.

Dá para passar o dia inteiro no jardim, ainda mais se você for com um grupo tão divertido quanto os estudantes que foram comigo. O tour pela casa dura em torno de duas horas, pois ela é imensa. Depois de passar cerca de três horas em Villa Ocampo fomos conhecer o centro de San Isidro que é realmente europeu. Lembrou-me muito as pequenas cidades da Europa. No centro há uma feira livre simpática e uma galeria a céu aberto.

Relógios na feira de San Isidro.

La Plata

A terceira cidade que indico uma visita é La Plata. Não confudir com Mar del Plata que fica a 500 km de Buenos Aires. Fomos eu e Patrícia, uma amiga que vive em Baires até hoje e que inclusive já concedeu uma entrevista impactante aqui no blog.

Como Chegar

Pegamos um metrô até a estação de Constituición e de lá embarcamos num trem para La Plata. Creio que as passagens de ida e volta custaram 5 pesos. O tempo foi de 50 minutos, porém pareceu uma eternidade, pois os inúmeros vendedores ambulantes e cantores amadores não paravam de gritar o tempo todo.

Vendia-se tudo o que se pode imaginar. Desde bonequinhos que grudam na parede até Cds piratas de Raggeton. O cheiro de maconha no trem também é forte, Patrícia chegou a se sentir enjoada. Após a chegada, esquecemos estas chateações e fomos passear.

Praça em La Plata.

Perguntando a uns transeuntes, Patrícia descobriu que havia um city tour de graça que saia da praça principal. Colocamos nosso nome na lista e entramos no ônibus que circulava e explicava a história dos principais pontos.

O interessante de La Plata é a forma triangular em que a cidade foi concebida. Para quem gosta de geometria, andar por lá é um parque de diversões. Há inúmeras praças, muito verde e no outono as ruas ganham um charme com as folhas secas por todos os lados.

Patrícia em uma das ruas de La Plata.

Há um zoológico na cidade, o qual seria bom visitar com tempo. Mas de todas as atrações, a que mais encantou a mim e a Patricia foi a catedral que é realmente de encher os olhos.

Catedral.

Para entrar na catedral não paga nada e é permitido tirar fotos. Vale a pena passar um dia em La Plata, há também um mini-obelisco e os nativos são mais simpáticos do que na capital. Mas o trânsito, por mais que Patrícia discorde de mim, é perigoso para os pedestres.

Compras de Tours em Buenos Aires e Cidades Vizinhas

Mas bom, caso queira fazer algum desses passeios com toda a comodidade, indico contratar a agência Bsas4u, a qual possui vários tours em Buenos Aires e também em seus arredores. Clique no banner, escolha o seu passeio e pronto. Comprando através dos banners exposto aqui no Uzi Por aí, você estará ajudando a manter o blog sem pagar nada a mais por isso.

E se você vai viajar para Buenos Aires, reserve já o seu hotel.

Fiz uma seleção de hospedagens com diferentes preços e avaliados com nota a acima de 8, clique no nome do bairro para conferir as opções, e em seguida coloque as suas datas e a quantidade de pessoas para ver os preços. É possível filtrar os resultados de acordo os seus interesses.

Centro (a depender da rua não é bem seguro)

Palermo

Palermo Soho

Recoleta

Puerto Madero

San Telmo

Curtiu o post? Deixe seu like.

IMPORTANTE: Para viajar pela América Latina com segurança, você precisará de um seguro viagem. Compre o seu com a Seguros Promos, empresa que trabalha com várias opções de preço, e receba 5% DE DESCONTO usando o cupom do blog: UZIPORAI5. Indico porque já usei (veja como foi minha experiência) e não tive problemas. Clique aqui ou no banner abaixo e confira qual se adequa melhor às suas necessidades.

Toda vez que efetuar a compra do seu seguro através dos links ou banners expostos no “Uzi Por Aí”, você estará nos ajudando sem pagar absolutamente nada a mais por isto.

Obrigado e ótima viagem!

Compartilhe:

Comente via Facebook

12 Responses to Buenos Aires – Ver e Fazer – Parte 2 (Cidades Vizinhas)

  1. Rafael says:

    Olá Uzi, achei vc é seu blog super bacanas. Vc tem Facebook para mais dicas. Valeu.
    Se tiver e puder informar, agradeço.

  2. MARGARETH OLIVEIRA LOPES says:

    Boa tarde…
    Gostaria de fazer um curso de espanhol bom e barato na Argentina, não precisa ser necessariamente em Buenos Aires (inclusive já conheço a cidade) vc recomenda algum?

    • Oi, Margareth. Para quando e por quanto tempo você precisa? Posso tentar um desconto com uma escola e volto pra te falar se eu consegui, mas para isso preciso saber o tempo que vc pensa em estudar. Abraço.

  3. valmyr brandão de Niterói says:

    Show de bola Uzi! Iremos a Bs As em março /2017 e suas dicas foram super! Diga aí: o que você opina sobre o passeio de Colonia de Sacramento (URU) ?

  4. Karina says:

    Olá, simplesmente amei o blog! Encontrei aqui o precisava rsrsrs.
    Estou indo com o marido e amigos agora em abril/17 para BUE. Minha dúvida é quanto ao que vestir nessa época do ano, não quero passar frio (sou mega friorenta), mas também não quero bancar a louca do sobretudo em pleno outono. Dicas??
    OBS: Eu fui a Gramado, na serra gaúcha, e peguei um frio de 12 a 14 graus pela manhã, 22 a 25° no meio do dia (calor gostoso) e a noite, 10 a 14 graus. Seria mais ou menos isso aí também?

    • Karina, eu não vivo mais em Buenos Aires, mas não acredito que esteja frio, geralmente o frio inicia lá pra maio, final de abril. Depende do ano. Qualquer coisa compra uma blusa térmica da Decathlon e pronto. E se puder comprar seu seguro pelo blog, ou reservar seu hotel, eu agradeço. Boa viagem.

  5. Marcella says:

    Adorei o blog!! Parabéns pelas fotos.
    Estamos pensando em ir a Buenos Aires em junho próximo. Gostaríamos de mais dicas sobre a região (bares, restaurantes, parques e passeios para fazer andando). Se puder nos ajudar ficaremos muito gratos.

    :)

    • Oi, Marcela. Dá uma olhada nos outros posts sobre Buenos Aires, como eu morei lá, meus passeios e restaurantes foram mais locais do que turísticos propriamente dito. Dá pra fazer muita coisa a pé. Parque La Rosalda, Flor de Recoleta, Feria de San Telmo… Boa viagem.

  6. olá, boa tarde!
    responderia por email, caso eu precisasse de mais informações?

    • Oi, Adriele. Infelizmente não por falta de tempo e porque se o fizesse teria que responder para todos. Mas deixe suas dúvidas aqui que eu respondo, assim já ajudamos a outros com a mesma dúvida. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *