Se não me falha a memória, passei 10 dias na capital do México e quase fui embora sem conhecer as Pirâmides de Teotihuacan, pois foram tantas as atrações para visitar e quando dei por mim só faltava um dia para ir embora.

Sorte a minha que o Parque Arqueológico dos Maias abre também às segundas-feiras (a maioria dos museus fecham neste dia) e assim pude fazer conhecê-lo.

Como Chegar

Se você não tiver muito tempo, talvez valha a pena pagar um daqueles city tours, pois alguns vão até a pirâmide.

Caso esteja viajando de maneira econômico, como é sempre o meu caso, você pode ir de transporte público sem nenhum problema.

Pegue a linha 5 (amarela) do metrô e desça na estação Autobuses del Norte. Em seguida, procure a companhia Autobuses Teotihuacan, a qual se encontra na sala 8 como podem ver na foto. A passagem não é cara. Confira o site oficial para ver tarifas e horários.

mexico-como-chegar-piramidesHorários e Preço

O ônibus lhe deixa na “porta” do parque. A entrada custa 64 pesos mexicanos (uns 12 reais) e o funcionamento vai de 9 às 17.

Pirámides de Teotihuacan

Quando de fato cheguei ao lugar onde estão as pirâmides e às ruínas da antiga civilização maya, levei um susto daqueles. Isto porque há vários vendedores de souvenirs e uma das coisas que eles vendem é um apito com som de animal.

Eu caminhando bem na minha quando de repente escuto um grunhido de onça, saí nas carreiras… Imagine a cena. Fica aí a dica para quem quer assustar os familiares quando voltar do México.

Continuando… A primeira pirâmide que vem é bem pequena, mas muito interessante porque ela tem uns desenhos de animais que representavam os deuses dele.

mexico-parque-arqueologico

O Chavinho curtiu.

mexico-chaves-piramidesNão sei o que aconteceu, mas eu perdi muitas fotos de lá, e para piorar, o sol estava muito forte, então vá desculpando esse branco estourado. O calor estava tanto que nem tive cabeça para configurar a máquina.

Ainda bem que existem os filtros do Instagram. Aproveita e segue a gente lá.

A principal atração do parque é a Pirâmide do Sol. Ela é imensa. Pelas fotografias eu tinha a impressão que não fosse tão grande, pois ela tem um aspecto meio achatado. Mas a verdade é que de fato se trata de uma construção assombrosa. No melhor dos sentidos.

mexico-piramidesmexico-piramides-de-teutiocan sam_1322

Eu não tive condições físicas nenhuma de subir os trocentos degraus, pois umas duas semanas antes eu havia subido a montanha de Guataté na Colômbia, a qual possui 706 degraus, ou seja, a minha quota de escada do mês já havia sido preenchida.

mexico-piramide-del-sol

Para os menos atléticos, há ainda uma esperança. A Pirâmide da Lua é bem fácil de subir, já que é bem menor.

mexico-piramide-da-lua Está chegando ao fim, mas ainda tem um pouco mais desta série. Nos próximos posts mostrarei outro bate-volta imperdível saindo da capital: Xochimilco, mais conhecida como a Veneza Mexicana. Também mais adiante farei um post sobre onde se hospedar na imensa Ciudad de México.

IMPORTANTE: Para viajar pela América Latina com segurança, você precisará de um seguro viagem. Compre o seu com a Seguros Promo, empresa que trabalha com várias opções de preço, e receba 5% DE DESCONTO usando o cupom do blog: UZIPORAI5.

Indico porque já usei (veja como foi minha experiência) e não tive problemas. Clique aqui ou no banner abaixo e confira qual se adequa melhor às suas necessidades.

Toda vez que efetuar a compra do seu seguro através dos links ou banners expostos no “Uzi Por Aí”, você estará nos ajudando sem pagar absolutamente nada a mais por isto.

Obrigado e ótima viagem!


Categorias: México

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários