Morar no Exterior – Como funciona a Saúde na Colômbia

Morar no Exterior – Como funciona a Saúde na Colômbia

Este não é um post importante somente para quem vai morar na Colômbia, também o é para quem vai apenas visitar, afinal, qualquer um pode precisar de cuidados médicos, e geralmente, quando menos se espera.

A notícia boa é que não há hospitais ruins na Colômbia, pelo menos eu nunca vi. Em todos que eu fui, inclusive clínicas, tudo me pareceu organizado e digno. A má notícia é que lá nada é de graça. Caso esteja perto da morte, você até pode ser atendido na emergência, mas depois terá que pagar a conta.

O sistema de saúde funciona da seguinte maneira: há várias empresas/EPS (Compensar, Sanitas e SURA são as mais conhecidas) com as quais você pode se afiliar, e assim pagar mensalmente uma quantia equivalente aos seus ganhos. Por exemplo, quando eu morava lá, o salário mínimo era de 644 mil pesos colombianos (quase 700 reais), o que correspondia a 82 mil pesos de seguro saúde.

saúde colombiaÉ obrigatório estar afiliado a um seguro, do contrário, o indivíduo é proibido de receber o salário. Todo santo mês, no dia do pagamento, é preciso apresentar ao seu chefe o comprovante que você quitou o seguro. Para se registrar, você pode ir direto na sede destas empresas, ou se cadastrar com mais facilidade com intermediadores que fazem a inscrição para você.

Eu indico enfrentar a fila e fazer diretamente com a empresa, pois tive problemas com um escritório intermediador, sem falar que pagava uns 8 mil pesos a mais para contar com os seus péssimos serviços.

Para poder realizar consultas, exames, e etc, há um período de carência, que se nada mudou, é de 1 mês, ou seja, você só pode usar o sistema no segundo mês. Independente do problema do cidadão, a primeira consulta será realizada com um clínico geral, ele então decidirá se encaminha ou não o paciente a um especialista. A consulta é marcada por telefone.

O sistema de agenda deles é muito louco, funciona na sorte. Já aconteceu de eu ligar à 1 da tarde e só ter agenda pro mês seguinte, voltar a ligar às 3, e ter uma vaga aberta às 5 da tarde do mesmo dia. A dica que eles dão é ligar às 6 da manhã para conseguir consultas mais próximas.

O atendimento é bom, os profissionais – em sua maioria – são atenciosos e dificilmente você terá que arcar com alguma despesa. Por exemplo, eu tirei um dente do siso de “graça”. O que geralmente você precisa pagar é uma taxa de 4 mil pesos, tipo 5 reais, para consulta ou exame, embora tenha alguns exames em que a taxa sai mais cara, porém nada que seja inacessível.

saude colombia sistema

Não existindo então saúde na Colômbia realmente gratuita, inclusive os colombianos vivem elogiando o Brasil por ter um sistema público, é aconselhável que turistas contratem um seguro viagem, assim como aqueles que estão chegando agora no país e ainda não se afiliaram às empresas nacionais.

Aqui no blog, eu trabalho com a Seguros Promo, pois é a que eu uso e nunca me deixou na mão. Colocando o nosso código UZIPORAI5 no momento da compra, você recebe 5% de desconto e pagando pelo boleto consegue mais 5%, então realmente sai barato. Faça um rápido orçamento clicando no banner a seguir.


Contrate
O bom mesmo é não precisar de médico e nem passar por nenhum aperto, então fique mais seguro ainda durante os seus passeios, conheça a agência de tours Colombia4u. Fiz vários passeios com eles e sempre com muita segurança, então fica a sugestão.

colombia4u

No mais, siga-nos no Facebook clicando no like abaixo. E qualquer dúvida, é só pergunta aqui nos comentários. Hasta la Vista.

Compartilhe:

Comente via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *